Skip to main content

Assisti: Invocação do Mal

!!ATENÇÃO ESSE POST CONTÉM SPOILERS!! ATENÇÃO ESSE POST CONTÉM SPOILERS!!

Título original: The Conjuring
Gênero: Terror
Duração: 110min
Estréia: 13 de setembro de 2013
Elenco: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Ron Livingston, Lorraine Warren, Ed Warren, Mackenzie Foy, Lili Taylor, Joey King, Hayley McFarland, Shanley Caswell, Shannon Kook.
Diretores: James Wan
Roteiro: Carey e Chad Hayes
Avaliação:
Sinopse: Harrisville, Estados Unidos. Um casal (Ron Livinston e Lili Taylor) muda para uma casa nova ao lado de suas cinco filhas. Inexplicavelmente, estranhos acontecimentos começam a assustar as crianças, o pai e, principalmente, a mãe. Preocupada com algumas manchas que aparecem em seu corpo e com uma sequência de sustos que levou, ela decide procurar um famoso casal de investigadores paranormais (Patrick Wilson e Vera Farmiga), mas eles não aceitam o convite, acreditando ser somente mais um engano de pessoas apavoradas com canos que fazem barulhos durante a noite ou coisas do gênero. Porém, quando eles aceitam fazer uma visita ao local, descobrem que algo muito poderoso e do mal reside ali. Agora, eles precisam descobrir o que é e o porquê daquilo tudo acontecendo com os membros daquela família. É quando o passado começa a revelar uma entidade demoníaca querendo continuar sua trajetória de maldades.

Minha opinião: Antes da minha opinião eu quero agradecer a Gleica e o Tarcios, meus amigos que receberam o ingresso para a pré-estréia do Jurrasicast e me levaram com eles. MUITO OBRIGADA, SEUS LINDOS!!!!

O filme começa com um vídeo/documentário sobre o caso da boneca Annabelle (que acaba estando presente em toda a trama do filme) e em seguida são introduzidos os demonologistas Ed e Lorraine Warren, que explicam um pouco sobre os estágios de uma assombração e sobre os objetos que não são possuídos e sim condutores (informação importante!), gostei muito dessa introdução poque ela dá uma veracidade bem interessante para o filme que é baseado em fatos reais.

Depois disso somos apresentados aos Perron, uma típica família americana formada por um casal e suas cinco filhas, mudando para uma fazenda e se organizando para uma nova vida, em seguida, conhecemos a “casa” e o que vemos é uma casa normal dos anos 70, que poderia até ser a casa de campo de uma família dos dias de hoje; são utilizados vários ângulos e uma lente normal, fazendo com que você conheça todos os cômodos e se apeguem aos personagens do filme.

Outro ponto de destaque é a utilização das câmeras que é excelente, a direção não força muito a questão da escuridão, mas ela existe! Durante todo o filme você sente o clima de suspense no ar, mas não sabe o que viu ou se realmente viu alguma coisa, tanto que a primeira aparição de um fantasma é absurdamente sutil, a sensação de que uma ameaça pode vir de qualquer lugar da casa é constante e só vai aumentando até que nós últimos minutos do filme grande parte dos espectadores já estão aterrorizados!

Eu aconselho muito que quem gosta de filmes de terror vá ao cinema para assistir a Invocação do Mal e quem não gosta deve ir também, mesmo sendo um filme assustador a história é muito boa, o tempo e a fluidez do filme são ótimos e os atores são bem convincentes no papel deles!

Eu não sou a maior fã de filme de terror (eu sou muito medrosa mesmo) e mesmo assim gostei muito do filme, além disso ele recebeu a nota A- do CinemaScore (sistema que mede o apelo do filme pela reação do público), tornando-se um dos três únicos filmes de terror dos últimos dez anos a receber uma nota tão alta pelos espectadores (nenhum outro filme de terror recebeu uma nota maior)!

Noka

Anna Paula, mais conhecida como Noka, brasiliense, leonina, mercadóloga, nerd de carteirinha, apaixonada por pandas, arqueologia, moda, filmes, livros e cultura no geral e jura que seu planeta de origem é Urano.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: