Jersey Boys: Em Busca da Música

Título original: Jersey Boys
Gênero: Biografia/Musical
Duração: 134 min
Estréia: 24 de junho de 2014
Elenco: Vicent Piazza, John Lloyd Young, Steve Schirripa, Christopher Walken, Katherine Narducci, Lou Volpe, Johnny Cannizzaro,
Michael Patrick McGill, Jacqueline Mazarella, Michael Lomenda, Lacey Hannan
Diretor: Clint Eastwood
Roteiro: Marshall Brickman e Rick Elice
Avaliaçãoestrelaestrelaestrelaestrela estrela
Sinopse:O filme conta a história de quatro jovens que moram no subúrbio de Nova Jersey e se unem para formar o icônico grupo de rock dos anos 60 “The Four Seasons”. A história de seus ensaios e seus triunfos é acompanhada das músicas que influenciaram uma geração, incluindo “Sherry“, “Big Girls Don’t Cry”, “Walk Like a Man”, “Dawn”, “Rag Doll”, “Bye Bye Baby”, “Who Loves You”, “Can’t Keep My Eyes of You” e muitas outras.

!!ATENÇÃO ESSE POST CONTÉM SPOILERS!! ATENÇÃO ESSE POST CONTÉM SPOILERS!!

Minha opinião: A minha expectativa para esse filme era de um “musical normal” onde situações do dia-a-dia se tornam músicas e no meio do caminho vemos o desenvolvimento do grupo musical Four Seasons… Bom, esse foi o meu primeiro engano em relação ao filme, as músicas foram deixadas para os momentos da banda no palco o que me surpreendeu agradavelmente.

Acho que no começo do filme o Clint ficou meio perdido sem saber se faria um filme de gângster ou algo mais alegre, hehe. Mas é muito legal ver a New Jersey dos anos 60 na tela do cinema, eu dei muita risada com os palavrões e as piadas no filme, uma pena que na tradução eles deixem tudo isso de lado, a atuação do Christopher Walken como Gyp DeCarlo é brilhante e deixa o filme muito mais leve em suas aparições.

Um recurso muito interessante no filme é a forma como em momentos importantes os próprios personagens nos explicam o que está acontecendo, algumas pessoas odiaram, outras gostaram muito, eu acho que foi um recurso interessante e podia ter sido mais explorado já que não só a história da banda, o filme conta a história de seus integrantes: Tommy DeVittoNick MassiFrankie Valli e Bob Gaudio.

A direção de fotografia está de parabéns, eu amei o efeito de luzes e como intercalaram os tons quentes no começo do filme e a medida que o tempo vai passando e o drama aumentando temos um clima mais escuro, de qualquer forma temos uma sensação vívida de que estamos na história e não vendo a história.

Sobre o roteiro, bem no começo do filme a sensação é de que o tempo está passando muito rápido, da metade pro final os dramas vão aparecendo e o tempo parece passar mais devagar, parece que estamos vivendo cada minuto das situações mostradas na telona.

O final é digno de um diretor renomado de Hollywood, que te faz pensar, te deixa feliz e de certa forma melancólico, o final é surpreendente e uma das frases que me marcou já quando os membros da Four Season estão reunidos no palco para fazerem o show no Rock and Roll of Fame é do Tommy DeVito: “Cada um tem as memórias de que precisa.”

Ainda não está convencido de ir ao cinema ver Jersey Boys? Eu aposto que mudará de ideia conferindo o trailer:

Este post faz parte de uma série de posts sobre cinema, você pode acompanhar todas as minhas críticas cinematográficas feitas aqui no blog por essa CATEGORIA LINDA.


Gostou do que leu? Compartilhe! 

Ainda não acompanha o Blog da Noka (e a Noka) nas redes sociais? Então vem me dar um oi!

Twitter || Facebook || Instagram

Noka

Anna Paula, mais conhecida como Noka, brasiliense, leonina, mercadóloga, nerd de carteirinha, apaixonada por pandas, arqueologia, moda, filmes, livros e cultura no geral e jura que seu planeta de origem é Urano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.