Universidade Monstros

Título original: Monsters University
Gênero: Animação
Duração: 110 min
Estréia: 21/06/2013
Elenco: Billy Crystal, John Goodman, Steve Buscemi, Helen Mirren, Peter Sohn, Joel Murray, Sean Hayes, Dave Foley, Charlie Day, Alfred Molina, Nathan Fillion, Aubrey Plaza, Bobby Moynihan
Diretor: Dan Scanlon
Roteiro: Robert L. Baird, Daniel Gerson, Dan Scanlon
Avaliação    
Sinopse: “Mike Wazowski e James P. Sullivan são uma dupla inseparável, mas nem sempre foi assim. Desde o momento em que esses dois monstros incompatíveis se conheceram, eles não se suportam. “Universidade Monstros“ revela o segredo de como Mike e Sulley superaram suas diferenças e se tornaram melhores amigos.

!!ATENÇÃO ESSE POST CONTÉM SPOILERS!! ATENÇÃO ESSE POST CONTÉM SPOILERS!!

Meus comentários: Depois de mais de 10 anos da estreia do primeiro filme (que é o meu  favorito de todos os tempos – e eu estou falando sério), chegou aos cinemas de todo o mundo, o segundo filme da dupla Mike&Sulley. Digo ser o segundo filme porque não é exatamente uma continuação. Ao contrário do que se esperava e do que a Pixar costuma fazer, esse filme volta no tempo para nos mostrar como foi a vida universitária e de onde surgiu a amizade das personagens principais.

Eu pessoalmente, achei lindo conhecer com mais profundidade a personalidade das duas personagens principais da história na época da universidade. Nem sempre um adulto bem-sucedido foi um jovem promissor e nem sempre um jovem promissor se torna um adulto bem-sucedido.

Em relação à parte técnica do filme, eu sou puro elogios: fotografia do filme, foi impecável! A mudança na trilha sonora de um jazz para uma música mais agita foi perfeita! A fluidez da história em si, as piadas, os momentos mais dramáticos, os dilemas, tudo isso foi feito de uma forma tão natural que eu acreditaria estar na minha universidade, não fossem os monstros bizarros que circulam por lá.

Achei interessante o fato de o filme abordar vários temas que são dilemas dos jovens de hoje. Algumas vezes desejamos muito algo, mas aquela coisa não é exatamente o melhor para nós, ou o melhor que podemos fazer. Outras vezes somos iludidos pelo nosso talento e achamos que isso basta para se alcançar o sucesso, e mais do que isso o filme mostra que sólidas amizades e parcerias nem sempre tem um começo fácil, é necessário trabalho e força de vontade. E a importância das mudanças: mudanças de objetivos, mudanças de personalidade, mudanças de atitude em prol do que é melhor para você e pro seu próximo.

E é claro, temos um final feliz, que era o de esperar de uma estória da Pixar por isso não posso deixar de mencionar que no final de Monstros S.A (o primeiro filme) temos um momento em que Sulley retorna ao quarto da Boo e era senso comum que aquela cena seria o ponto de partida para um segundo filme, o que obviamente não aconteceu. Mas saí do cinema com uma sensação de satisfação, e é necessário destacar que a Pixar tomou a decisão certa em deixar o momento Sulley/Boo como algo só deles. Um momento mágico de reencontro entre dois amigos, um momento secreto que o público deve deixar assim. E que apesar de a Boo não fazer parte desse filme. Temos mais uma linda história da Pixar Animation Studios para assistir por muitas e muitas vezes.

E aproveitando a resenha, a Monster University tem um site! Lá você encontrará de tudo: como é a vida no campus, um mapa com a localização de tudo, as fraternidades, a história e os dados gerais da universidade, até o link pro acesso dos alunos ao site (que não funciona, uma peninha.)

 

Noka

Anna Paula, mais conhecida como Noka, brasiliense, leonina, mercadóloga, nerd de carteirinha, apaixonada por pandas, arqueologia, moda, filmes, livros e cultura no geral e jura que seu planeta de origem é Urano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.